assinar: Posts | Podcast

Loserlândia 172: Garanto que Estamos Abertos

3 comentários
Loserlândia 172: Garanto que Estamos Abertos

Hoje é dia de começar uma série nova na Loserlândia. Em episódios especiais como o de hoje, traremos os primeiros trabalhos de cineastas, bandas, escritores e etc. Sempre com a nossa análise recheada de baboseiras (as úteis e as inúteis).

Diogo Sales e Roberto Feliciano dessa vez deixaram os amigos em paz e resolveram levar o papo sozinhos para falar sobre O Balconista, filme de estreia de um dos diretores de cinema favoritos da casa: Kevin Smith.

As referências, os perrengues para fazer a produção sair do papel, as atuações, a trilha sonora e o legado. Compre o seu cigarro, deixe o dinheiro e pegue o troco justo. Não ligue para o cheiro de graxa, pros filmes bizarros da locadora do Randall e nem para o comportamento suspeito da dupla de empresários da rua Jay e “Bob Caladão”.

E saiba: “serralheiros trabalham com o coração e não com o bolso”

*    *    *    *    *

Comentado no episódio:


 Trailer do filme


Dicussão sobre os trabalhadores na estrela da morte
*    *    *    *    *

Conhece a nossa página no Facebook?

Já nos segue no Twitter?

Para baixar: clique em clicarcom o botão direito do mouse e selecione Salvar Link Como

Para assinar no iTunes, clique no botão Agregue a Loserlândia, no lado direito da página.

  • Indo atrás de assistir o filme kkkkkk E comento mais jajá porque cheguei em casa agorinha e tenho q dormir agora, chuchus! Abraços!

  • Já tendo escutado tudo e com tempo, estou com muita de ver o filme. E tipo, sobre o que falaram no filme, tem muitas vezes perdões que a gente não dá também, seja por rancor, seja porque não se sente preparado. Às vezes é um duro que a gente não consegue dar e muitas das minhas histórias de loser tão nisso: saber quando devo perdoar, quando devo pedir perdão ou quando devo não perdoar. Como diz o meme, “Complexo cara”, mas vamo seguindo kkkkkkk Ótimo cast! 🙂

  • Ultra com gola rolê

    Ola amiguinhos! bom estar de volta!

    Como voces praticamente, esgotaram a discursao sobre o filme em si, vou citar apenas uma curiosidade sobre a vida do diretor.

    Alguns meses atrás, após a notícia de que Ben Affleck não dirigirá mais o filme solo do Batman,fãs e imprensa imediatamente começaram a especular sobre quem poderia
    assumir a função. Alguns pensaram logo em Kevin Smith, que além de ser
    abertamente nerd e muito fã de quadrinhos, recentemente dirigiu
    episódios elogiados em The Flash e Supergirl.

    Além disso, Smith é amigo de Ben
    Affleck há um bom tempo, o que supostamente aumentaria suas chances. No
    entanto, o próprio cineasta discorda da indicação, e respondendo a um fã
    no Twitter, listou três razões que fazem com que ele não possa ser
    escolhido.

    “Estou lisonjeado. Mas 3 coisas
    tornam impossível eu dirigir o filme do Batman: 1) Não falo com Ben há
    anos. 2) Eu fiz Yoga Hosers. 3) O senso comum.

    PS: A coisa mais impressionante dessa noticia e humildade de Kevin, ao admitir que dirigiu um filme tao ruim que, quase obliterou sua própria carreira!